quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Celulas Madre

Hoje o Dudu me encaminhou um e-mail que ele mandou para os colegas do trabalho dele, gostei muito do que ele escreveu e me emocionei. Irei colocar aqui o e-mail que escreveu, o texto está em espanhol, já que ele trabalha e mora no Equador, até cheguei a pedir que ele traduzisse, mas achou que na tradução perderia, concordo com ele.

Meu irmão, nunca terei palavras para dizer o quanto fico feliz por estar me ajudando dessa maneira, a partir de terça-feira terei uma parte sua em mim, embora já faça parte de mim, assim como o Leo (meu irmão caçula), a Nina (minha irmã) e o pai (Hélio) uqe estão todos em meu coração.

Aí vai o texto, destaquei algumas partes.

Beijos


Estimados socios,
Resolví escribir ese mail, en forma de blog, para comentarles cómo están las cosas por aquí.
Hoy estuve en la cita médica de preparación a la donación a mi hermana de mis células madre o células tronco, en portugués. Mientras escribía percibí que prefiero el nombre en español, células madre, principalmente por lo que estas células significan.
La donación se realizará el día Lunes 6, en la mañana, y debe tomar de dos a tres horas.
Hasta la donación voy tomar diariamente unas inyecciones con la finalidad de provocar la producción de estas células. Al principio serían 5 inyecciones, pero ahora me informo el doctor que serán 14, empezando con dos hoy. La reacción adversa esperada es similar a la de una gripe fuerte, nada comparado con el propósito de la donación. Las reacciones desaparecen inmediatamente después de la donación. Cualquier reacción adversa o cantidad de inyecciones que hubiesen no serían nada y yo estaría dispuesto a enfrentarlas por ella.
 Mi hermana ya está haciendo la quimioterapia y va recibir la donación día 7, martes.
 Buenas, estoy trabajando desde la oficina de Porto Alegre. Los amigos que aquí tengo, mismo después de 10 años fuera, me están dando mucho apoyo y fuerza, la misma fuerza que tengo recibido de ustedes.
 Día 9, jueves, a la una de la tarde, estaré de vuelta a Ecuador y voy directo a la oficina.
 Estamos en contacto.
Abrazos
 Eduardo Pacheco


4 comentários:

  1. Camila, obrigado pelas palavras! Todos lá em casa e todos que eu copiei no e-mail estão na torcida por ti, simplesmente porque você é especial e enche a todos de vida... Nos quatro cantos do mundo, como vimos no teu mapa de acesso, há gente na torcida !! Sem medo de ser repetitivo, obrigado pelo teu dom com as palavras!! São mais de 950 acessos no blog até agora... Como te disse hoje, e não fui o primeiro, já estou esperando o livro... Bem, ontem, depois de muito tempo, confesso, voltei a rezar... Costumava rezar ao colocar o Lucas para dormir e antes de eu dormir também rezava pela Mari, pelo Bruno e por vocês lá em casa... Nunca pedia nada para mim, só agradecia, mas ontem pedi... Pedi para que minhas células “madre” tenham a forca que carregam no nome e a capacidade de te deixar livre de vez... Quero receber tua visita lá em casa muito mais vezes. Sabe lá Deus em que lugar do mundo estaremos morando, mas estaremos sempre a tua espera... Beijão e fique com Deus!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dudu, me emocionei ao ler tuas palavras. Quem sabe qualquer dia desses não sai o livro... rsrsrrs. Fico muito feliz em saber que voltou a rezar e espero que continue sempre, seja para pedir pelas pessoas queridas ou, principalmente, para agradecer. Com certeza ainda receberá muito a minha visita, onde quer que esteja morando, sabe bem: eu vou em todos.... rsrsrrs. Fique com Deus! Bjs

      Excluir
  2. É muito lindo qualquer relação de ajuda entre as pessoas, sejam elas quem forem, mais ainda entre irmão, irmão que o destino veio afastar por uma questão de sobrevivencia (trabalho, profissional...)agora reaproxima com tamanha importãncia. Que Deus os abençõe sempre, mais principalmente agora, no transplante. Saúde, sorte e amor pra dar em dobro um ao outro sempre. Cris Pinho

    ResponderExcluir